Ansiedade não mata, mas mói.

Ansiedade não mata, mas mói.

Olá!

Já lá vai um tempinho desde o 1º post. Não que eu não tivesse tido vontade de escrever antes mas, tal como havia previsto, conciliar tantas coisas não é tarefa fácil. Ando ansiosa para escrever e, muito mais que isso, ansiosa por postar as fotos das últimas festas. Como nem tudo depende de mim, sou obrigada a esperar mais um pouquinho.

Agora sei o que sentem quando me pedem que eu envie algumas fotos e… digamos… que eu demore um pouquinho demais, quase uma eternidade para entregar. Casa de ferreiro, espeto de pau. Desculpem-me, meninas! Tentarei por todas em dia. Prometo!

Entretanto, como não sou de ferro, e ainda um bocado irrequieta, vou postar uma foto do que vem por aí. Ah, uma só não faz mal! A pensar bem, acho que duas também, não!

😉

DSC_9864

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *